Pombas no Fed, bravezas na Rússia – Resumo Semana 48

O grande fato desta semana foram as declarações “dovish” (a melhor tradução seria suave, mas ao pé da letra é “pombalina”) do presidente do Fed americano (Banco Central) de que as taxas de juros permaneceriam neutras. Isto levou o Dow Jones, o índice americano, em uma alta como raras na quarta-feira: 2,5% em dólar é algo bonito de se ver. Se compararmos com os olhares de soslaio e o medo da semana passada, teremos uma grande lição sobre os mercados financeiros. O Ibovespa foi junto e chega perto do máximo histórico na quinta, mas cansou-se, virou para o lado e dormiu.

Já no Brasil, o dólar chegou a 3,94 e recuou bem no início da semana . O Banco Central,  do Brasil, saiu leioloando e queimando swaps cambiais. Este dólar é de se observar. Porque dólar alto não condiz com Fed americano calmo… deve ser a tensão internacional.

Da Rússia e do Bitcoin

A fonte de tensões no mundo agora foi a apreensão de três belonaves ucranianas pela Rússia no Mar de Azov. A Rússia já encampou a Criméia da Ucrânia, agora segue provocando. Pobre Ucrânia! Pensar que o Principado de Kiev formou a Rússia e agora tem como destino sofrer o bullying de Putin.

Recomendaria evitar ativos russos. Porém a quem engano? No Brasil a gente mal está comprado no mercado em Bolsa, quanto mais investir em ativos russos. Na Bolsa americana até se consegue, mas no Brasil, mal se compra ETF de Brasil.  Nem a vodka em nosso supermercado é russa, quanto mais nossos ativos…

E o Bitcoinrompeu um suporte de 5.000 USD e lá se vai para baixo. Porém evitarei falar de Bitcoin, já virou religião. Não importam os dados, nem a objetividade. Apenas registre-se que nos países mais decentes minerar bitcoin já não dá mais lucro a este preço.

A hora e a vez das Construtoras

Em tempo, o fundador e presidente do conselho da Cyrella, a construtora, disse que em 2019 haverá um boom imobiliário. Eu também acho, mas vindo da boca de uma construtora é suspeito.  Na verdade, acho que o boom é para 2020.

A PDG Construtora, em Recuperação Judicial, disse na imprensa que cumpriu todas suas obrigações do plano. Novamente, língua diz o que quer, né? Em se tratando de Recuperação Judicial, vale o que o Comitê de Credores diz e que o juiz homologa.

Resumo da semana 48 no mercado

   Send article as PDF   

2 thoughts on “Pombas no Fed, bravezas na Rússia – Resumo Semana 48

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *