Soltaram os bruxos – Resumo semana 45

Não existiria melhor semana para adotarmos um novo nome para o nosso site. Estava preparado para escrever mais sobre a relação China e Estados Unidos e mostrar como os chineses não estão dispostos a fazer acordo algum com os americanos.

O que eles têm feito é apenas um jogo de morde e assopra que faz os investidores do mundo inteiro acreditarem em um final feliz. Todavia, sinto informar, não existe final feliz onde os marxistas comandam.

Suprema barbárie

O sétimo dia do mês de novembro de 2019 será lembrado por muito tempo. De um lado, comemoram comunistas, petistas, ministros da suprema corte, narcotraficantes, assassinos, jornalistas e políticos – os classifico diferente, porém tratam-se do mesmo movimento. Do outro lado, o povo. O seu José dono da vendinha da esquina, a dona Maria, que acorda todos dias antes das 5 da manhã.

Estes não entendem de guerra política pela disputa do poder, aqueles só sabem ver o mundo através de olhos marxistas. O resultado só poderia o que vimos na última quinta-feira. Após muita luta para tirar uma comunista da presidência e eleger um presidente que represente de verdade os anseios do povo, o Foro de São Paulo provou que ainda manda no Brasil.

No sábado, os jornalistas tratam um presidiário que assaltou o país e financiou todo movimento comunista latino americano como o salvador da pátria. Como a alma mais honesta do país. Gostaria de vê-lo pegar um metrô.

A economia sofre

Não obstante, a economia já sofre diante da mera possibilidade dos comunistas, ou melhor como o próprio José Dirceu falou depois de solto: “somos petistas, de esquerda e socialistas.”, voltarem ao poder.

A Bolsa caiu, o dólar subiu. Há um risco grande de termos grandes turbulências nas próximas semanas. O presidiário, sempre referido com enorme reverência pela mídia como ex-presidente, já declarou que quer repetir o que acontece no Chile aqui no país. Uma declaração destas já deveria ser suficiente para enjaulá-lo novamente.

Por isso, o momento é de cautela para os investidores. A política sempre manda na economia. Portanto, qualquer reviravolta na situação de melhora que vivemos hoje pode ser fatal para os investimentos.

Se olharmos para as ruas, de fato, a tensão parece aumentar. Os petitas tiveram suas forças renovadas enquanto o povo está com as emoções à flor-da-pele. Esta mistura é tudo que a esquerda quer no momento. Tocar fogo no país e tomar o poder de assalto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *