Cai porque sobe – Resumo Semana 40

Que dureza… que desânimo. Que quarta triste! Nem mesmo o avanço da primeira fase da Reforma da Previdência no Senado pôde evitar o desânimo que se abatera nas praças internacionais. Quatro dias de queda seguidos por uma longa, como podemos ver no gráfico, é para quebrar a carteira qualquer um. Ouçam os stop-loss caindo como dominós…

Um certo solipsismo político faz atribuirmos tudo ao ambiente brasileiro. Também pudera, Lava-Jato se aproxima do poderoso Banco BTG… levando de cambulhada o Itaú e Banco do Brasil na queda… ITSA4 a 12,30 são coisas que julgo que jamais veria.

O problema não foi aqui no Brasil, foi no mundo. Vendo o Dow Jones, percebemos que somos efeito, não causa.

Nos Estados Unidos, percebendo uma acachapante derrota para Donald Trump, o partido Democrata, cada vez mais maluco e esquerdopata, criou um processo de impeachment com poucas chances de sucesso baseado num delator que supostamente teria conversas comprometedoras de Trump com o presidente da Ucrânia – porque a conspiração russa não deu certo, então vai a ucraniana mesmo – ainda que o próprio Trump tenha liberado toda a gravação da dita conversa.

As más linguas dizem ser um pedido de impeachmente em aberto: Depois eles preenchem o motivo e dizem o por quê. Não obstante, os suficiente para dar turbulências no mercado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *