Sucumbindo ao próprio peso – Resumo Semana 6

Demorou, mas o urso chegou. Depois de gloriosas cinco semanas de alta, a Bolsa brasileira sucumbiu ao próprio peso e caiu. Caiu feio em baixa. Foi em um pregão o que o índice se esfalfou para conseguir em dez. Sobe de escada, desce de elevador. Bem-aventurados os que realizaram seus lucros. Ai daqueles que entraram na festa no final.

(Este que vos escreve fez ambas as coisas e está com um gosto agridoce na boca. A gente altera momentos de esperteza com idiotice admiravelmente).

Uma coisa absolutamente apodíctica é que os mercados sempre caem. E sempre sobem. Não há alta que sempre dure nem baixa que não se acabe. Tudo é ciclo. O problema é que a Bolsa antecipa os ciclos. A reforma da Previdência está no preço da Bovespa a 98.000 pontos. Qualquer ameaça a isto, tombo. Em movimento oposto, dólar para cima.

É cedo para prognosticar um mercado de baixa. Gente graúda fala em recuperação cíclica. A verdade é que parece que até de crise todos se cansam. O mercado imobiliário na Grande São Paulo já deu até uma reagida…

Inflação

A inflação do IPCA de janeiro acelerou motivado pelos alimentos. Dai o Copom não reduziu a taxa de juros, mantendo em 6,5%. Esta é uma inflação terrível, porque impacta as famílias de baixa renda. A se observar. Pode ser uma pedra no sapato da recuperação econômica.

Vale da morte

As ações da Vale estão completamente zonzas após o acidente de Brumadinho. Em público, o politicamente correto manda sair delas. Na prática, apenas o cataclismo bíblico de um acidente foi capaz de derrubar 30% uma blue chip de primeira grandeza. Bom para comprar e vender opções. A Justiça andou rápido, bloqueou bens da Vale e até mesmo – ação inédita! – prendeu os engenheiros que fizeram o laudo das barragens (o STJ amigão soltou depois).

China X EUA

mercados em queda

Os mercados americanos azedaram com desapontamento em relação à guerra comercial com a China. E a Europa apresentou números bem desanimadores. Estranhamente, os commodities estão para cima e o petróleo também, inclusive por conta das tensões na Venezuela.

Em breve, Donaldo Trump vai ter de enfrentar a Câmara recheada de democratas pelo seu tão necessário muro na fronteira com o México. Ninguém melhor que ele sabe “The Art of the Deal“.

1 thought on “Sucumbindo ao próprio peso – Resumo Semana 6

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *