Inflação, desejada e nunca controlada

banco central inflação

Inflação é a perda do poder de compra da moeda, que se reflete no aumento contínuo de preços. Alguns dizem que a inflação é um mal necessário, que um pouco de inflação é boa, porque reflete o aumento da economia real em relação ao suprimento de moeda.

rendimento da caderneta de poupança

Desde que o mundo abandonou o padrão-ouro e o tratado de Bretton-Woods, é natural inflação sendo as moedas do mundo todo fiduciárias, os governos imprimem a sua conveniência. Mas imprimir dinheiro é com o jogar lixo no córrego, se você jogar só o seu, a natureza aguenta. Se o bairro inteiro jogar, estamos perdidos. E sempre o bairro inteiro passa a jogar vendo o seu jogado.

O pior é que os governos querem gerar inflação. Recentemente vimos a notícia de que o Banco Central europeu e japonês forcejam por tentar criar inflação em suas zonas. Para os governos a inflação tem sua vantagem no manejo da dívida pública. Mas te arruína enquanto poupador.

Recentemente o próprio Banco Central do Brasil não abaixou as taxas de juros. Sim, ainda há uma inflação persistente nesta terra. Foi especialmente sentida em janeiro, quando na maioria das grandes cidades as tarifas de ônibus foram reajustadas. Em São Paulo foi de 4,00 para 4,30. Um senhor aumento, mas um feliz aumento, porque levou três anos para aumentar isto.

O IPCA em janeiro veio maior que o esperado, refletindo inflação dos alimentos. Esta é uma inflação terrível, porque impacta as famílias de baixa renda. A se observar. Pode ser uma pedra no sapato da recuperação econômica.

2 thoughts on “Inflação, desejada e nunca controlada

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *