A Água que lava o índice – semana 4

Acidente da vale

Após recordes sendo batidos seguidamente. O evento um inesperado acontece. O acidente da Vale, uma barragem arrebenta e pode atingir, no curto prazo, o desempenho do índice Bovespa.

Resumo da Semana: Ibovespa: 97.677 pontos, +1,64%. Dólar: R$3,77 , +0,51%.

Acidente da Vale

A barragem em Brumadinho, próximo de Belo Horizonte, rompeu. O número de pessoas que trabalhavam no local passa de 300, 9 mortes já foram confirmadas.

Três anos depois, a empresa enfrenta outra grave tragédia. Importante lembrar que na época do acidente em Mariana várias denúncias de falta de fiscalização sobre as barragens foram feitas. Parece que eram verdade.

Mas o fato é que a Vale pode derrubar o índice brasileiro na segunda, já que teve 25 bilhão de reais entre bloqueados pela Justiça e multas; além das ações em Wall Street terem caído 8% no feriado paulistano esta sexta.

O Índice Bovespa

A bolsa brasileira passa por um momento de muito otimismo, sustentada pela expectativa de reformas e ajuste fiscal do novo governo. Os discursos e entrevistas em Davos aumentaram ainda mais a euforia.

Agora teremos que esperar para ver qual vai ser a reação do mercado na semana para ajustarmos nossas expectativas. Pois, quando temos vidas humanas envolvidas as coisas são mais complexas e os desdobramentos imprevisíveis. Por hora, é bom ficar longe de Vale.

Mercado Internacional

Os destaques no mercado internacional são os dados de desemprego na Inglaterra que surpreenderam vindo abaixo do esperado, a economia vai indo bem por lá. Além disso, os resultados de empresas americanas vieram acima das expectativas, o que mostra que nossa visão de que a economia real dos EUA está muito bem é acertada.

Por fim, todos esperam o desfecho das negociações entre americanos e chineses.

1 thought on “A Água que lava o índice – semana 4

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *