O Fundo de Investimento de Banco é bom?

fundo investimento Banco

Recebi estes dias um e-mail do banco Itaú recomendando um fundo multimercado de investimentos “Kikopró de Tal Arrojado”. Com a devida vênia a este banco cuja performance financeira só dá alegrias aos acionistas e choro aos correntistas, por que o Itaú recomenda um fundo de investimento se as ações dele mesmo são o melhor investimento que existe?

Eu prefiro aplicar todas minhas economias em nas ações ITUB (Banco Itaú) e ITSA (Holding do Banco) do que num único fundo recomendado pelo Itaú, mesmo que eventualmente administrado pelos mesmos que gerenciam o Itaú, mesmo que ele compre as cobiçadas ações de Itaú. Por isso, precisamos analisar qual fundo de investimento do banco é realmente bom para nós.

Administrar não é de graça, nem no fundo

O motivo é simples. É a taxa de Administração.  Ao entrar num fundo, a massa total de dinheiro no fundo recai na taxa de Administração.

Eu disse massa total. Não são os lucros. Se o fundo tem dez milhões investidos, por não, o banco cobra a taxa. Se for de 1%, é 100.000,00 pro banco, na alegria e na tristeza, na alta e na baixa. E as vezes tem taxa de performance, isto é, um “a mais” que o administrador leva se for muito bem nos rendimentos.

Detalhe, se for muito mal, ou mesmo razoavelmente mal, ele continua tirando a taxa de administração.

Administrar fundos é um bom negócio. Mesmo que o banco sente em cima do dinheiro e no máximo compre uns títulos pós-fixados iguais ao que você compra no tesouro direito.

O Segredo: Administre você

É verdade que os bancões tem acesso a alguns investimentos que você não tem. É verdade que – em tese – os bancos tenham algumas autarquias e o Banco Central vigiando. É verdade que os bancos tem análise de risco. É tudo verdade.

Mas pelo que cobram de taxa de administração, mais vale você investir seu próprio dinheiro. Afinal, eles não se arriscam. Seguir o mercado por seguir o mercado você mesmo faz.

fundo investimento Banco

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *