Afinal, qual é o rendimento da poupança?

rendimento da caderneta de poupança

Entender qual é o rendimento exato da poupança é essencial para conseguirmos compará-la com as outras opções de alocação do dinheiro existentes.

Apesar de muitos já saberem que o rendimento da poupança não é o melhor comparado aos demais tipos de renda fixa, ela ainda é a que mais desperta curiosidade nos brasileiros e é onde a grande maioria deixa o dinheiro alocado – referindo-se apenas ao números de pessoas, não há quantidade de recurso alocado.

Basicamente, a poupança rendia a taxa referencial (TR), que é utilizada para correção inflacionária, mais 0,5% ao mês. Porém, as regras de rendimento da poupança foram modificadas em 2012, durante o governo Dilma, pois naquela época os juros estavam sendo cortados abruptamente como forma de aquecer a economia via aumento da demanda agregada (explicaremos detalhadamente em outra oportunidade o que significa) e pressão dos bancos que estavam vendo a poupança render mais que os seus produtos de renda fixa. Então, como a taxa Selic chegou a 7,25% e o governo queria evitar a fuga do capital de outros investimentos para a poupança houve mudança na lei que a regia.

Taxa de juros, inflação e o rendimento da  poupança

Desta forma, a nova lei instituiu que o rendimento da poupança quando a taxa Selic fosse menor que 8,5% ao ano seria equivalente a 70% da taxa de juros mensalizada. Por exemplo, hoje a taxa de juros é de 6,5% e a poupança rende apenas 0,37% ao mês. Em alguns leitores pode bater aquela saudade de quando a renda fixa remunerava quase 1% ao mês, mas lembrem-se a taxa de juros era alta daquela forma para segurar o dragão da inflação que rodeava nossa economia, eram tempos piores, sem dúvida.

Importe salientar que a nova regra é vigente apenas para os depósitos feitos após o dia 03 de maio de 2012, ou seja, para quem tem dinheiro guardado a mais tempo está usufruindo, hoje, de um belo rendimento na poupança. Mas claro que o valor perdido ao longo do tempo em virtude da alta inflação, que no período chegou a mais de 10% a.a., não compensa os ganhos de capital que  ocorrem hoje.

rendimento da poupança

Se olharmos o lado dos bancos, manter o dinheiro dos clientes na caderneta de poupança é um ótimo negócio, porque o valor desta aplicação é utilizado para o financiamento imobiliário. Quanto maior a disponibilidade de reservas maior será a quantidade de empréstimos que a instituição financeiro pode realizar. Por isso, o seu gerente de banco sempre te aconselha a deixar um dinheiro na poupança.

Recentemente, o Banco Central, depois de fazer os ajustes necessários na economia, baixou o encaixe obrigatório para a poupança de 21% para 20%. Exatamente para tentar impulsionar a economia do país.

Assim, fica claro como é o rendimento da poupança, a aplicação mais popular entre os brasileiros. Com esse conhecimento podemos partir sem receio para outras opções mais rentáveis que nos garantirão melhores retornos.

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *